um dia de fúria

Que grande besteira fiz com a minha vida!Depois de tres anos de conflito e infelicidade,tive a oportunidade de começar a caminhar sozinho,mas,a falta de controle sobre o desejo,me impulsionou para a roda viva,da rotina,da correria,falta de tempo,dinheiro,solidão nos compromissos razos,de pagar contas…
trabalhar,sem liberdade,escravo,pária,submetido a falta de capacidade de dizer não,a tudo e todos…
Compromissos sociais estúpidos,conversas vazias,mecanicas…
hipocrisia,um sem fim de palavras pejorativas,asco,vomito inscessante de todas as coisa podres que este mundo de bosta pode oferecer, a instituição da familia,fonte da escravidão cristã,judaica,muçulmana…
Criticas ao CAOS…hoje sou perpetrado por uma lança,envenenada com raiva e ódio de todas as convenções sociais,da mais doce escola até os cárceres imundos…
Raiva e ódio,alimentam os vermes que pouco a pouco consomem meu corpo…
vermes,eu transformado em vermes…prolifero e me liberto!!

Castellers

castellers
Era domingo,manhã de junho em Barcelona.Tempo de caracterizar os tipos de cultura e a influencia que ela pode provocar no sugimento ou proteção de transtornos mentais.
Surpresa agradável,em frente a plaça Sant Jaume de Barcelona,um grupo de homens,mulheres e crianças,diferentes idades,começam a formar uma base,com braços,ombros e dorsos…sobre a base,sobem outros homens,e sobre estes vao subindo mais homens e mulheres,cada vez mais jovens,na parte superior desta construção estão crianças,meninas que partem do colo das mães para castelos humanos de doze,qinze metros de altura!!!
Um trabalho de equipe,envolvendo,força,concentração,equilibrio e principalmente confiança no outro.
Como relatar e descrever a emoção de olhar, pouco a pouco,a vida que se apresenta naquela construção…da base até o topo!!
Hoje,circunstancias,me posicionam próximo a base,vejo meus filhos,subindo,tento dar firmeza,estabilidade,mordo a gola da camisa,para fornecer uma alavanca,uma plataforma que facilite e impulsione a subida até o topo!
Espiral,força criadora,energia vital!!
luz e fé!!

blue eyes

“Um armário repleto de antigas mágoas…
como posso me desfazer de tudo,se é tudo que me resta!!!”
Foi assim que um paciente definiu sua vida.
Pouco pude fazer,além de escutar a triste trajetória.Mágoas,que iniciaram na infância,
uma combinação de repressão e ingenuidade,se transformam em rigidez e raiva…
“o único carinho que meu pai fazia era com o olhar”
65 anos,sem filhos,sem vínculos,somente lembranças de amor e ódio!

diálogo

Diàlogo com amigo,que o pai esta passando por diagnóstico,hipóteses,diagnosticas
de algúm tipo de carcinoma.
ele vai precisar de um mediador!
zona de conforto e zona invadida
a prevençāo e o acaso…
sempre o acaso!!!
no final!!!